Vishnu mudrá


"Mudrá é uma palavra sâncrita que significa gesto, selo ou matriz. Os mudrás são fonte de uma linguagem gestual e corporal que se origina na tradição tântrica, e está indissoluvelmente associada ao registo akáshico, o espaço sutil onde estão armazenados todos os conhecimentos e feitos da Humanidade desde os seus primórdios. Essa linguagem busca a realização de diversos estados de conciência através da simbologia e das mensagens contidas em certos gestos arquetípicos que atuam por ressonância e associação neurológica. Tocam os estratos mais profundos do ser humano, permitindo-nos redescobrir o conhecimento escondido em cada gesto e transportar-nos aos processos de consciência a que eles aludem."


trecho de Pedro Kupfer em "Mudrá gestos de poder,1999"



Na mitologia purânica,Vishnu é o conservador e o sustentador da criação. É aquele que mantém o universo em equilíbrio. Este mudrá ativa a energia dos três primeiros chakras localizados na base do tronco – muladhara, swadhisthana e manipura. Praticá-lo ajuda a equilibrar o corpo físico e sutil e pode ser aliado a diversos exercícios respiratórios, tal como o Nadi Shodhana pranayama (a respiração alternada).


Os dedos indicador e médio fecham-se tocando a palma da mão. O dedo anelar e o minímo permanecem estendidos para cima.


O dedo polegar representa o elemento fogo e o manipura chakra, o dedo minímo associa-se à àgua e ao swadisthana chakra e o dedo anelar com o elemento terra e o muladhara chakra.


A sua prática pode também ser acompanhada pelo mantra (mental ou vocal) :

" Om namo narayanaya"








18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram