Bakasana - a postura do Corvo

Como fazer os asanas?


Bakasana


Postura de equilíbrio e fortalecimento muscular.


Em sânscrito Baka significa "corvo". Sobre os braços e pernas elevadas, este asana assemelha-se à figura de um corvo parado.


Benefícios:


Para além de desenvolver consciência, equilíbrio e força a prática deste asana desenvolve também a coragem, capacidade de superação e confiança. Trabalha assim, as emoções mais profundas com raíz no medo e no sentido de limitação.


Fortalecimento físico e mental


Consciência do corpo e do espaço


Autoestima e confiança


Como executar?


1 - Apoie as mãos no chão com os dedos afastados e mantendo uma distância semelhante à largura dos seus ombros.


2 -Avance com os joelhos em direção aos cotovelos, braços ou axilas.


3 - Procure manter os cotovelos fechados e a apontar para trás. Pode também apertar lateralmente os braços ou cotovelos com as suas pernas para ajudar a manter a base da postura estável.


4 - Faça uddyianna e mula bandha e expirando passe o peso dos pés para as mãos e mantenha a posição respirando controladamente em ujjayi pranayama com o mínimo de peso possível sobre os pés.


5 - Retire um pé de cada vez e vá ajustando o seu corpo com os bandhas e aliviando a tensão a mais respirando sempre.


6 - Olhe para o chão em frente ou use nasagradrshti (fixando a ponta do nariz).


7 - Faça três repetições de 5 respirações completas, descansando em virasana ou completando o vinyasa (chaturanga, urdhva mukha-svanasana e adho mukha svanasana).


8 - De bakasana dê um salto para trás e estenda o corpo em chaturanga dandasana (prancha).


9 - De adhomukha svanasana de um pequeno salto para a frente e chegue com os joelhos perto dos cotovelos para iniciar novo ciclo.


10 - Encontrar o equilíbrio na posição exige concentração e perseverança.


Boas práticas!


.::.

Cuidados e precauções:


Se sofrer de hipertensão, do coração ou questões relacionadas com trombose cerebral não devem fazer esta prática.

Ouça o seu corpo, esforço mas não force. Respeite os seus limites, reconheça-os e trabalhe adequadamente com eles. Atenção: Esta informação técnica não substitui um professor de yoga e somente é disponibilizada para fins de aprofundamento da sua prática pessoal. Para o sucesso na prática de Yoga, esta deve ser sempre assistida inicialmente por um professor competente e preparado para guiar o aluno na adequação da sua prática. O autor deste texto não se responsabiliza pelo mau uso destas informações.

26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo